Estresse engorda?

[ad_1]

Bom dia!!!

No post de hoje vamos falar de exercícios para mente ;)

O texto é da nossa parceira Renata Megale Soares, ela é professora de Yoga do Lotus Godiva.

Afinal, estresse engorda? A resposta é sim!

 

_______________________________________________________

 

Vivemos num mundo de corre-corre, trânsito caótico, violência excessiva nas ruas, ambientes de trabalho extremamente competitivos e repletos de prazos e metas, enfim, manter a serenidade se torna cada vez mais difícil nos dias atuais.

Acredito que, a maioria das mulheres sente-se como: “a mulher multitarefa do século XXI”, preocupada em cumprir toda a lista de TO DO´s do dia. Para mim, essa foto ilustra bem o nosso momento atual.

y1

O estresse é um sistema de defesa natural do Ser Humano e pode ser considerado benéfico, como por exemplo, quando você precisa se proteger ou fugir em situações de perigo. Nessas situações, o batimento cardíaco acelera para bombear mais sangue e consequentemente fornecer mais energia aos músculos, há aumento do ritmo respiratório, da pressão arterial e a dilatação das pupilas, enfim, dentre outras reações corporais, a liberação da adrenalina. Com tudo isso, você é capaz de fugir, e após salvar-se do perigo, essas alterações do corpo se reequilibram e suas funções voltam ao normal.

O problema está quando esses mecanismos fisiológicos são constantemente ativados e o corpo não tem tempo suficiente para se reequilibrar, ou seja, ele se mantém o tempo todo em estado de perigo, como se algo ruim fosse acontecer e ele precisasse estar preparado para fugir a qualquer momento. Essa rotina, com o passar dos dias, pode trazer algumas doenças, alterações metabólicas e hormonais. E ninguém quer ficar doente, certo?!

A instabilidade emocional decorrente do estresse diário também altera o metabolismo do corpo, pode fazer com que você sinta vontade de comer compulsivamente ou ser atraído por alimentos pouco saudáveis e nada nutritivos. Pode haver flutuações nos níveis de insulina e glicemia. Desta forma, a atração pelo consumo exagerado de doces se torna presente, e depois que você coloca o “pé na jaca”, recebe a visita do sentimento da culpa. Será que você já se sentiu assim?

 

Enfim, o que fazer então?

A prática regular de exercícios físicos pode ser grande aliada na prevenção, diminuição ou eliminação do estresse e nos auxilia a manter o peso ideal, mas é importante também, associar ao seu treino aeróbio ou de musculação atividades relaxantes como Yoga e a meditação, e assim, dar um grande presente ao equilíbrio e relaxamento da sua MENTE.

O Yoga, ao contrário do que muitos pensam, não é uma atividade para pessoas idosas ou com problemas crônicos de saúde. Também não se resume a ficar o tempo todo deitado relaxando ou realizar movimentos extremamente lentos e monótonos.

y2

Profa. Renata na prática de Viparita Karani com acessórios

 

Na realidade, o Yoga trabalha tônus, flexibilidade, equilíbrio, exercícios de respiração, meditação e relaxamento. E o principal de tudo isso é a realização desse trabalho com auto observação e consciência em si mesmo. Como já disse um grande filósofo da antiguidade: “Conhece-te a ti mesmo” (Sócrates 479 -300 a.C.).

y3

Profa. Renata na prática de Bakasana

 

Uma pessoa mais serena será capaz de tomar decisões e atitudes mais coerentes.

 

Exercício simples para ajudar no combate ao estresse.

Os exercícios respiratórios do Yoga chamados de pranayamas são grandes parceiros no combate ao estresse, e alguns deles, você pode realizar em qualquer lugar.

Respirar de forma adequada, consciente e tranquila faz com que o nosso sistema nervoso também se harmonize.

 

Vamos lá?!

Sente-se no chão com as pernas cruzadas. Você pode utilizar um tapete de Yoga, colchonete ou qualquer outro material que promova estabilidade. Caso não possa sentar-se no chão, utilize uma cadeira e mantenha os pés bem apoiados no chão.

Feche os olhos por alguns instantes e volte a atenção para a sua respiração. Perceba o fluxo de ar que entra pelas narinas (inspiração) e com ele o movimento de expansão do abdômen. Observe também o fluxo de ar que sai pelas narinas (expiração) e a leve contração do abdômen no sentido das costas.

Procure permanecer alguns minutos observando o fluxo natural da respiração. Se desejar, você pode levar as palmas das mãos no abdômen para sentir melhor o movimento.

Mesmo que muitos pensamentos surjam na sua mente, não se incomode com eles, apenas volte a observar a respiração. Talvez, isso aconteça muitas vezes, não desista! Isso é normal, afinal de contas, o trabalho da mente é construir pensamentos. Insista até que você consiga se manter concentrado ao exercício.

Você pode também realizar esse exercício deitado ou antes de dormir.

Faça dessa observação uma rotina, observe-se no trânsito, na sua mesa de trabalho, na frente do computador, nas atividades domésticas e diárias de forma geral. E se estiver nervoso, irritado ou ansioso antes de uma reunião de trabalho ou situação difícil, ao invés de atacar um doce ou uma xícara de café, pare por alguns instantes e respire com consciência.

Estimule seu Corpo, Harmonize sua Mente, Esteja bem consigo mesmo e seja Feliz sempre!!!

 

 

Namastê!

y4

Profa. Renata na prática de Utthita Hasta Padangusthasana

 

 

Renata Soares

@renatasoaresyogalifestyle

Professora de Yoga do Lotus Godiva

_______________________________________________________

 

 

Muito obrigada pela participação, Renata!

Espero que tenham gostado!

 

Beijão

 

Sharevar hupso_services_c=new Array("twitter","facebook_like","facebook_send","google");var hupso_counters_lang = "pt_BR";var hupso_url_c="";var hupso_title_c="Estresse engorda?";http://static.hupso.com/share/js/counters.js
Print Friendly
  

[ad_2]
Fonte: Tips 4 Life | www.tips4life.com.br

Deixe seu Comentário