Raio-x: Gabriela Bernardes

[ad_1]

 Oie!

Como vocês estão? Prontas para mais uma semana e mais um Raio-X?? O de hoje é com a minha xará, Gabriela Bernardes (@bernardesgabi). Ela luta contra a balança há algum tempo, mas desde maio de 2013 que ela resolveu colocar um ponto final nisso. Ela parou de lutar e resolveu ser feliz com uma vida equilibrada. Vem ver que linda!

Gabi_07

1- Você chegou a fazer várias dietas ao longo dos últimos anos. Quais foram e por quê você acha que não deram certo?

Sempre lutei contra a balança e quando surgia uma nova dieta que prometia perder 6kgs em uma semana eu logo experimentava. Cheguei a comer só proteína por dois meses e mesmo emagrecendo, meu corpo sofreu com a falta de carboidrato. Tinha enjoos horríveis e tremedeiras absurdas. Continuei com essa dieta por mais um mês e aos poucos fui “relaxando”. Dos 13 quilos eliminados, recuperei 7. Parti para os shakes que substituíam refeições. Mais uma dieta sem sucesso. Fui em vários nutricionistas e todos me passavam uma listinha do que eu poderia comer. Não era uma dieta certa, de acordo com os meus horários e exercícios diários. Eu precisava de algo a mais. Foi quando procurei uma nutricionista/fisiologista e entendi o motivo dessas dietas nunca darem certo. Aprendi que nós precisamos de tudo pra emagrecer. Até do carboidrato! Precisamos consumir os alimentos certos, com todos os tipos de nutrientes e assim, emagrecer saudavelmente!

Gabi_09

2- Depois que você começou a sua reeducação alimentar, qual foi a maior lição que aprendeu?

Depois de algumas tentativas frustradas, a reeducação alimentar me ensinou que não existe milagre. Que ficar horas sem comer não vai ajudar na sua dieta. Não comer carboidrato pode te emagrecer de imediato, porém sem saúde. Substituir refeições com shakes não é a melhor saída. No início da minha RA eu achei que iria engordar, de tanto que eu comia. Mas era o alimento certo, na hora certa, de acordo com meu gasto diário. Hoje sei que dedicação, hidratação, exercícios, bom sono e alimentação é a melhor coisa que existe para se manter em forma.

Gabi_02

3- Hoje, o que não pode faltar na sua alimentação?

Uma coisa que não abro mão na minha dieta é a tapioca. Seja ela com blanquet de peru, ou frango desfiado, ou ovo mexido, ou pasta de amendoim nos dias em que o corpo pede um doce hehe nos intervalos gosto muito dos biscoitos de arroz integral com creme de ricota light temperado com ervas ou até mesmo com uma geleia sugar free para quem é formiga! Descobri há pouco tempo os biscoitos de linhaça. Foi indicação da minha nutricionista e comprei de todos os sabores que tinha na loja (alho, azeite, cebola e integral). Mas sempre em poucas porções (40g), ótimo para serem levados na bolsa e consumidos na rua.

Gabi11

4- Mesmo tendo uma rotina regrada, você não deixa de aproveitar o fim de semana. Como faz para essa conta fechar?

Hoje, como atingi meu objetivo, me dou o luxo de aproveitar pelo menos um dia do meu final de semana! Amo comer um chocolate nos dias de TPM. Adoro sentar num bar, jogar conversa fora, tomar uma cerveja e petiscar um frango à passarinho. E quando isso acontece, tenho uma dieta restrita no dia seguinte com muita água, sucos e chás. Sempre compensando o “estrago” do dia anterior!

Gabi_13

5- Qual foi o papel da corrida para a sua mudança de hábito?

A corrida foi uma injeção de ânimo na minha vida. Eu estava desanimada com os regimes fracassados que fazia. Quando comecei a correr, os resultados vieram rápidos, pois é um exercício aeróbico onde o gasto calórico é alto. E ele combinado com uma dieta balanceada, me incentivava cada dia mais. Fora que é um esporte desafiador. Não é nada fácil correr. Ninguém, de um dia pro outro, vai correr 10 quilômetros. E eu gostava desse desafio! O que era uma coisa que eu não suportava, hoje, não vivo sem.

Gabi_04

6- Como é a sua rotina de exercícios?

Sempre fui uma pessoa ativa. Quando criança fiz natação, na adolescência me formei no ballet e amava o jazz. Arrisquei uma musculação e todas as aulas que uma academia poderia oferecer. Fiz dois anos de capoeira, mas nunca tinha me “encontrado” realmente. Hoje eu AMO o que eu faço! Há mais de dois anos eu corro as terças, quintas e sábados. Há 11 meses descobri o treinamento funcional que faço as segundas, quartas e sextas e não largo por nada! Meu professor de corrida me aconselhou a fazer musculação para fortalecer meu joelho para um melhor desempenho no esporte, mas ODEIO musculação. Foi quando descobri que o pilates faria o mesmo papel e há um ano é outra coisa que não deixo por nada!

Gabi_01

7- Hoje, você já correu até meia maratona. Qual a sensação de olhar pra trás e ver todas as suas conquistas?

É inexplicável! Eu nunca imaginei chegar onde cheguei. Quando falo para as pessoas que eliminei 21 quilos ninguém acredita. Principalmente quem me conhecia antes. Elas falam: “21?????? Mas você não tinha 21 quilos pra perder!!!!!!!”. E eu também achava que não! Pra mim, 10 quilos seriam suficientes. Mas fui gostando dos resultados e mudando meu objetivo com o tempo. Sempre achei que não seria magrela, que esse não era meu estereótipo. Sou “grande”, de ombros e pernas largas! Hoje sei que quando a gente quer, a gente consegue! Tudo bem, não sou magrela, sou normal! E o melhor de tudo: emagreci com saúde. Acho que não existe peso ideal. Existe você estar bem com você.

Gabi_05

8- O que você acha que mais mudou em você?

Acho que minha cabeça! Antes, quando saia um dia do regime, achava que tudo já estava perdido, por isso sempre fracassava. Hoje aprendi a lidar com isso. A comer bem, saudavelmente. E quando tiver festa de um ano do seu priminho, tudo bem comer as bolinhas de queijo. Sempre vai ter a comemoração do aniversário de uma amiga naquela balada open bar no meio do caminho da sua dieta..tudo bem!!! Só não bebe a ponto de esquecer que no dia seguinte você deve voltar à sua rotina ;) hehe

Gabi_14

9- Para finalizar, o que diria para quem quer dar o primeiro passo mas ainda não conseguiu?

Força de vontade é o segredo! A ajuda de uma nutricionista/fisiologista ajudou muito na minha determinação também. Você vai vendo os resultados a cada dia, a cada semana uma diferença no seu corpo. No final do primeiro mês de dieta, ver que você diminuiu seu percentual de gordura é incentivador! Ter alguém pra “pegar no seu pé” e te passar umas receitas “fits” é ótimo! Se ame em primeiro lugar e tudo será mais fácil, mais pleno, mais leve…literalmente!!!!!!

E aí? Não é um ótimo incentivo para essa segundona??

Beijos.

Sharevar hupso_services_c=new Array("twitter","facebook_like","facebook_send","google");var hupso_counters_lang = "pt_BR";var hupso_url_c="";var hupso_title_c="Raio-x: Gabriela Bernardes";http://static.hupso.com/share/js/counters.js
Print Friendly
  

[ad_2]
Fonte: Tips 4 Life | www.tips4life.com.br

Deixe seu Comentário