Whey Protein: a proteína para atletas e para melhorar a saúde em geral

[ad_1]

wp5

Com o crescente volume de informações sobre dietas e suplementos, ouvimos muitas coisas sem sentido de pessoas que possuem alguma informação, mas que não possuem conhecimento sobre o assunto, como: “Suplemento é bomba”, “Whey engorda” e outras que nem convém comentar.

Hoje, venho falar sobre a proteína do soro do leite, conhecida como Whey Protein. Basicamente, no processo de produção de queijos, o laticínio separa a fração mais “pesada” do leite, que possui em grande parte a caseína como proteína principal da parte “aquosa”, de onde se isola a proteína do soro. No Brasil, ainda não temos uma empresa que beneficie essa proteína, sendo que toda e qualquer matéria prima é importada.

A Whey Protein é considerada uma das proteínas mais completas da natureza por conter grandes quantidades de aminoácidos essenciais e aminoácidos de cadeia ramificada, sendo muito usada por atletas com o intuito de auxiliar o aumento da massa muscular. Porém, algumas pesquisas científicas, mostram que essa proteína vem sendo analisada para outros fins, como, por exemplo, no tratamento de pacientes HIV positivos e diversos tipos de cânceres.

É visto que a proteína do soro possui em sua constituição substâncias chamadas: peptídeos (aglomerados específicos de aminoácidos) que possuem propriedades funcionais.

LACTOFERRINA
BETA-LACTOGLOBULINA
ALPHA-LACTOALBUMINA
GLICOMACROPEPTÍDEOS
IMUNOGLOBULINAS

Já foram descritas ações anti-inflamatórias, efeitos de redução do crescimento tumoral em culturas de células e aumento da resposta imunológica (do sistema de defesa do nosso organismo) com os componentes da Whey Protein. Além disso, foi analisado que seus efeitos antiinflamatórios pode ajudar na melhora da sensibilidade à insulina em pacientes portadores de diabetes, ajudando no controle do nível de glicose sanguínea.

Além dos efeitos já descritos, a função antioxidante da Whey Protein é um dos mecanismos estudados, por ser uma proteína fonte do aminoácido cisteína, este que possue partipação na ativação da enzima glutationa peroxidase, uma das principais no combate contra os radicais livres e espécies reativas de oxigênio (os temidos causadores do envelhecimento e desencadeadores de diversas doenças).

Desta forma, antes de acreditar em tudo que você lê, procure um profissional gabaritado para saber se você tem a necessidade de usar esse suplemento tanto para objetivos estéticos, bem como para objetivos de saúde.

Bons treinos e Boa dieta!

[ad_2]
Fonte: Kilorias | kilorias.band.uol.com.br

Deixe seu Comentário